Autossatisfação e autocuidado, qual a diferença?

Autossatisfação e autocuidado, qual a diferença?

0 49

A autossatisfação não é a mesma coisa que o autocuidado, a verdadeira chave da felicidade e da saúde

 

Às vezes, quando a vida é realmente esmagadora, eu decido que preciso de uma noite de folga. Ao invés de limpar a cozinha, tomar banho e ir para a cama depois que as crianças estão dormindo, eu pego um pouco de vinho e chocolate e assisto meus programas de TV favoritos.

Eu fiz isso ontem à noite. Foi glorioso… ontem à noite. Esta manhã, estou cansada por ficar acordada até mais tarde e estou preguiçosa por causa do vinho e do açúcar. Não me sinto terrível, mas não me sinto bem. Na verdade, eu sinto que preciso de uma noite de folga.

Irônico, certo? Mas muitos de nós fazemos isso. Nós tendemos a equiparar a satisfação com o autocuidado, mas, como este artigo no Thought Catalogexplica com eloquência, os dois são muito diferentes.

Se você tiver que se preocupar regularmente com consumir autocuidado, é porque você está desconectado do autocuidado real, o que tem muito pouco a ver com “tratar a si mesmo” e fazer escolhas para seu bem-estar em longo prazo.

Já não usa sua vida agitada e irracional como justificativa para autossabotagem sob a forma de procrastinação. Está aprendendo a parar de tentar “consertar você mesmo” e começar a tentar cuidar de si mesmo… e talvez descobrir que cuidar amorosamente lida com muitos dos problemas que você estava tentando corrigir em primeiro lugar.

Eu sou mãe, então eu sei que o que meus filhos precisam para serem saudáveis e felizes é uma rotina confiável, boa comida e expectativas claras. Eles precisam estar na cama até às 20 horas para se levantarem às 06 horas para a escola. Eles precisam de refeições saudáveis ​​e equilibradas para manter seus corpos saudáveis. Eles precisam saber que quando eles chegam em casa, eles precisam mudar suas roupas, almoçar e fazer a lição de casa antes de ir brincar.

Às vezes, nos fins de semana, eu permito que eles fiquem acordados até tarde para assistir a um filme e comer sorvete. É divertido, mas demora um dia inteiro para se recuperarem disso. Eles ficam inevitavelmente mal-humorados no dia seguinte, e as pequenas coisas se transformam em grandes argumentos com lágrimas. Então, embora a autossatisfação pareça legal naquele momento, eles realmente gostam mais da vida quando estão sendo cuidados de forma adequada e consistente.

Eu sei disso sobre meus filhos. Eu sabia disso desde que eram bebês. Mas levou anos para eu perceber o mesmo sobre mim. Os períodos mais miseráveis ​​da minha vida também foram os períodos de maior satisfação. Assistir Netflix por um longo período de tempo me faz sentir descansada e atualizada, mas me exercitar e ir dormir cedo também faz eu me sentir bem. Comer pizza congelada para não precisar cozinhar pode me deixar com menos louça suja e mais tempo, mas também me deixa com indigestão.

É muito ruim que o autocuidado se torne sinônimo de satisfação, mas é importante reconhecer que realmente cuidar de si mesmo raramente inclui satisfação. Isso inclui dar a você mesmo o que você precisa para que você possa viver a vida do jeito que você quiser – feliz e saudável.

Fonte: https://pt.aleteia.org/

COMENTÁRIOS

Responder

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.