Paróquia Catedral

“Neste ano jubilar de 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida no Rio Paraíba, a Catedral Metropolitana de Montes Claros, estará realizando dos dias 3 a 12 de outubro, a 67a Novena em Honra a Nossa Senhora Aparecida.
Com o tema “Eis aí a tua Mãe”, convidamos você e a sua família para participarem conosco de fortes momentos de fé, devoção e homenagens à Padroeira do Brasil e da Catedral.
Do dia 03 ao dia 11; haverá repicar dos sinos às 7 horas da manhã; Momento Mariano com consagração à Nossa Senhora ao meio dia; hora da misericórdia às 15 horas; e às 19 horas Novena e Celebração da Santa Missa com a presença de vários bispos e padres.
No dia 7 (sábado) será o IV Vem Brincar na Praça com a Catedral, festa beneficente para 6.000 crianças carentes.
E no dia 12 de outubro, o dia da nossa Padroeira será um dia todo especial!
Teremos às 7 horas da manhã a Missa Solene presidida pelo arcebispo coadjutor Dom João Justino; às 10 horas a 4a carreata de Nossa Senhora Aparecida saindo da Igreja São José com destino à Catedral, onde acontecerá a tradicional benção dos veículos; ao meio dia momento Mariano com consagração à Nossa Senhora; 18 horas solene procissão com a réplica da imagem de Nossa Senhora Aparecida pelas ruas centrais de Montes Claros; e às 19:30 horas, a belíssima Missa Solene de Encerramento, presidida pelo arcebispo Dom José Alberto Moura.
E como já se tornou tradição, todos os dias haverá as barraquinhas com comidas típicas e shows de artistas da terra na Praça da Catedral.
Venha participar conosco, para juntos fazermos esta grande festa a nossa Mãe Aparecida!

Doe um brinquedo a uma criança carente.

Sabendo que o dia 12 de outubro é dedicado a Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil e da Catedral Metropolitana de Montes Claros, e também a data comemorativa ao “dia das crianças”, Padres e leigos da Igreja Mãe da nossa Arquidiocese se uniram para realizar, dentro da programação da festa da Padroeira, um dia especial para as crianças carentes.

Assim nasceu, em 2014 o evento “Vem Brincar na Praça com a Catedral”. Neste 2017, ano jubilar Mariano, em que celebramos os 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida nas águas do Rio Paraíba, a Catedral pretende, pelo quarto ano consecutivo, homenagear Aquela que nos deu o nosso Salvador, presenteando 6.000 crianças carentes com um dia todos especial, repleto de brincadeiras e diversões, que ficará marcado para sempre em seus corações.

Diante dos desafios lançados, iniciamos ao findar o mês de agosto, a Campanha: FAÇA UMA CRIANÇA FELIZ! DOE UM BRINQUEDO A UMA CRIANÇA CARTENTE. O objetivo desta Campanha é arrecadar 6.000 brinquedos novos para meninos e meninas, que serão entregues às crianças carentes no dia do evento. Às pessoas interessadas em ajudar poderão entregar as suas doações na Catedral, no Santuário do Bom Jesus, na Igreja São José, no Centro Paroquial João Paulo II, ou nos postos autorizados.

Desde já, o nosso muito obrigado!

O arcebispo coadjutor de Montes Claros, dom João Justino de Medeiros Silva, presidiu, neste sábado (12), a Missa de abertura da Semana Nacional da Família, na Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida.

Durante a homilia, dom João Justino falou sobre a importância da família e a missão dos pais em ensinar os filhos a escuta e a vivência da Palavra, bem como cultivar o amor que precisa ser atuante na vida familiar.

“A família é um lugar privilegiado para a experiência do amor de Deus. Não foi exatamente isso que Deus quis viver quando encarnou-se, e também viveu, no seio de uma família? Deus quis poder sentir Ele mesmo, o que é ser amado por um pai e por uma mãe. E vivendo em família, mostrou-nos a importância de valorizar esse espaço humano, que ao mesmo tempo é cheio das graças de Deus, e por isso é um  espaço divino”, refletiu dom João Justino.

João Justino convidou a assembleia a juntar esforços para viver não somente aquilo que as comunidades e paróquias organizaram para a Semana da Família, mas que também olhe para a realidade da própria família e descubra o que precisa ser mais intensificado na experiência do amor de Deus.

“Devemos olhar para as nossas famílias e fazermos uma revisão da história e perceber se há algum esquecimento que está ferindo a aliança feita e buscar a conversão. Que nesta semana, as nossas famílias consigam experimentar, se já não vivem, momentos de oração em família, e assim experimentarmos, melhor, as graças de Deus”, exortou.

P8120190 P8120191

Caminhada da Família

Após a celebração diocesana, as famílias participaram da quinta edição da Caminhada da Família que percorreu algumas ruas da região central da cidade até a Matriz Nossa Senhora da Conceição e São José, onde foi dada a benção do Santíssimo.P8120199 P8120205 P8120210

P8120206 P8120213

“Das periferias existenciais à luz do amor na família”. Este é o tema da Semana da Família, na Província Eclesiástica de Montes Claros, que inicia neste sábado (12). A abertura da semana será com uma missa presidida pelo arcebispo coadjutor, dom João Justino de Medeiros Silva, na Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida, às 8h30.

Para orientar a Semana da Família, foi elaborada uma cartilha que será utilizada na Província Eclesiástica de Montes Claros. O material será utilizado além da Arquidiocese de Montes Claros, nas dioceses de  Janaúba e Januária. Já a diocese de Paracatu, optou por adotar a cartilha nacional.

A proposta de confeccionar uma cartilha própria foi uma forma de regionalizar a discussão acerca da Família, a partir de temas que melhor abrange a realidade da província, para chegar com mais intensidade ao lar cristão.

O propósito desta semana é intensificar a reflexão a partir da Palavra de Deus para que as famílias cristas possam se fortalecer enquanto igreja doméstica para, assim, buscar uma vivência religiosa e ir ao encontro de outras famílias para serem evangelizadas.

Caminhada da Família

Após a missa de abertura da Semana da Família, acontece a 5ª Caminhada da Família, com saída da Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida e segue até a Matriz Nossa Senhora da Conceição e São José, onde acontece a benção do Santíssimo.

Como um gesto concreto de solidariedade em benefício do próximo, a Pastoral Familiar da Arquidiocese de Montes Claros pede que as pessoas levem 1 kg de alimento não perecível que será doado àqueles que mais precisam.

Com o intuito de fomentar a devoção mariana nos fiéis e, assim, contribuir para uma maior vivência dos valores cristãos na sociedade atual, a  Paróquia Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida está com inscrições abertas para o 1º Congresso Mariano, que acontece nos dias 12 e 13 de agosto, no Centro Paroquial João Paulo II.

O caminho da reflexão já foi dado por Maria no Evangelho de Lucas: “Todas as gerações me proclamarão bem-aventurada” (Lc, 1,48), expressão que é o coração do evento. O congresso, num clima de oração e fé, visa então descobrir como colocar em prática a indicação da Mãe de Jesus. “O intuito de realizar este congresso é uma proposta do nosso pároco, Frei Valdo, neste ano tão especial, em que se comemora o Jubileu de 300 anos de Nossa Senhora Aparecida, que teve sua imagem encontrada nas águas no rio Paraíba do Sul. Ela, que é também a Padroeira da Catedral de Montes Claros, irá possibilitar que este Congresso seja um rico momento para as pessoas vivam o tempo da graça neste Ano Nacional Mariano”, descreve Adriana Brant, uma das organizadoras do evento.

Em relação à devoção mariana em Montes Claros, Adriana destaca uma referência forte na igreja dedicada à Santa, a Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida, que é também, padroeira do Brasil. “A nossa Paróquia, em especial, vive uma espiritualidade toda mariana, a começar pelo nosso pároco, e demais sacerdotes, que vivem intensamente esse carisma mariano. Maria tem essa ‘chama’ de mãe, que acolhe e que vem pra unir as pessoas. Pessoas que se colocam em testemunhos e pedem oração de proteção para si e para familiares”, destaca.

O congresso se mostra importante ainda, pelo fato de, o mesmo, ser a conclusão da formação da quinta turma de Consagração a Jesus pelas mãos de Maria promovida pela Paróquia Catedral. “Como o Ano Mariano é todo jubilar de fé e as celebrações voltadas para Nossa Senhora Aparecida, nós escolhemos a data do congresso para presenteamos Nossa Senhora, neste mês das vocações, com novos consagrados. Consagração esta que, inspirada por Deus ao São Luís Maria Grignion de Montfort, convida as pessoas a vivê-la como uma escola de santidade de forma intensa, ao se entregar a Maria. Ela, como a boa mãe, educadora, formadora, é que nos ensina a vivermos melhor a nossa fé e o nosso batismo”, ressalta.

As inscrições podem ser feitas na secretaria paroquial da Catedral. Outras informações pelo telefone: (38) 3221-5028

Programação

12/08 (Sábado)

14h – Acolhida e Oração

14h30 – Palestra: “Todas as gerações me proclamarão bem-aventurada” (Lc 1,48) – Padre Wagner Dias

15h30 – Palestra e Oração: “Comunhão de vida com Maria” – Érika Vilela (Comunidade Filhos de Maria)

17h Santa Missa – Consagração a Jesus pelas Mãos de Maria – Frei Ari Piedade

19h – Adoração Eucarística

13/08 (Domingo)

7h – Santa Missa – Frei Valdo

8h30 – Acolhida e Oração

9h – Aparições de Nossa Senhora – Gregório Ventura (Comunidade Esdras)

10h – A Santíssima Trindade e Maria – Pedro Barros (Comunidade Missão: Eu prefiro o Paraíso)

11h – Partilha e testemunhos

Os 69 anos do padre Valdomiro Soares Machado (frei Valdo), completados nesta sexta-feira (4), foram comemorados ao lado da comunidade, durante uma Santa Missa, das 7h, na Igreja Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida, da qual ele é pároco.

Visivelmente emocionado pela graça de mais um ano de vida, frei Valdo agradeceu a presença dos fieis que, para ele, também fazem parte de sua família: “Quando nos tornamos pastores de um rebanho (padre), nos tornamos líder desta família religiosa, então, nada mais justo que celebrar esta data com aqueles que o adotaram. Depois de ordenado, sempre me dediquei à Igreja, e é uma alegria imensa poder celebrar este dia com a comunidade”, ressaltou.

A celebração foi presidida pelo próprio aniversariante e teve alguns momentos especiais, com uma homenagem prestada pelos funcionários da Catedral. O tradicional ‘Parabéns a Você’ também não foi esquecido e, ao final da cerimônia, o pároco recebeu os cumprimentos da comunidade.

Com 32 anos de vida sacerdotal, comemorado no último dia 27, frei Valdo, além do aniversário, também tinha mais dois motivos especiais para comemorar: o ‘Dia do Padre’ – em memória litúrgica de São João Maria Vianney, o Cura D’Ars –  e a presença do seu irmão, Adair Soares Machado. “Essa é uma vitória muito grande na minha vida sacerdotal. Importante também é a presença do meu irmão é de muita felicidade porque ele estava morto e voltou a viver. Ele, recentemente, esteve internado em estado de coma e, pela unção dos enfermos levantou-se, está aqui, para a gloria de Deus”, comentou frei Valdo.

Adair Machado, que participou da celebração da missa, agradeceu pela vida do irmão e sacerdote. “Valdo, quero lhe desejar muita saúde e paz. Que essa sua voz forte, que lembra a de nosso pai que cantava bem como você canta, possa anunciar a vida ao próximo. Que essa data possa ser comemorada por muitos e muitos anos. Feliz aniversário, meu irmão!”, disse.

Frei Valdo ao lado do irmão Adair Machado
Frei Valdo ao lado do irmão Adair Machado

Encerram-se nesta terça-feira (1º), as inscrições para mais uma edição do Encontro do Movimento de Amizade Cristã (MAC), da Paróquia Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida, que acontecerá nos dias 19 e 20 de agosto. Podem participar jovens de 16 a 20 anos.

As inscrições estão sendo feitas na Secretaria Paroquial até às 18h30.  Não perca tempo e garanta já a sua vaga para participar deste encontro que irá mudar a sua vida!

Outras informações pelo telefone (38) 3221-5028.

Com as bênçãos do padre Valdomiro Soares Machado (frei Valdo), pároco da Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida, 11 crianças e adolescentes receberam a Investidura de coroinha durante a Missa das Crianças celebrada neste domingo (30). Agora, a igreja passa a contar com 23 coroinhas.

Os candidatos a coroinhas entram na Procissão de Entrada acompanhados dos pais, que carregavam consigo a sobrepeliz – vestimenta eclesiástica usada para servir o Altar do Senhor. As vestes são ofertadas a Deus pelos pais e o padre então as abençoou. Em seguida, os pais auxiliam os seus filhos a vestirem a sobrepeliz, significando o amparo constante da família na caminhada de fé. A partir daquele momento os coroinhas passam a servir no Altar do Senhor.

Depois de cerca de três meses de preparação, quando os candidatos foram instruídos sobre os nomes dos objetos e funções litúrgicos e catequese sobre o significado da Santa Missa e dos sacramentos, finalmente eles participam da Santa Missa de Envio e da Vestimenta, na qual utilizam as vestes litúrgicas de coroinhas pela primeira vez.

20525657_876973932459176_8579025785752666053_n 20507569_876971199126116_6084168024319711751_o 20414046_876971579126078_1342376489480841785_o

Com a Santa Missa presidida por Frei Valdo (Padre Valdomiro Soares Machado), Pároco da Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida de Montes Claros, iniciou-se a Novena em Honra ao Bom Jesus no dia 28 de julho de 2017.

Com a presença de vários devotos, a Santa Missa iniciou-se às 19 horas com muita oração e espiritualidade. Logo após, os fiéis participaram das Barraquinhas com comidas típicas, desfrutando de um ambiente familiar e bastante agradável.

A Novena irá até o dia 05 de agosto, e no dia 06 de agosto (domingo) será a grande Festa do Bom Jesus, com Missa dos Enfermos, procissão e Missa Solene em Honra ao Bom Jesus.

Venha participar e traga a sua família!

 

No próximo dia 06 de agosto (domingo), a Igreja celebra a Festa do Senhor Bom Jesus, cuja devoção se estende por todo o Brasil e pela Igreja em diversas partes do mundo.

Esta devoção, que teve início no ano de 1550, quando foi inaugurada a Igreja do Bom Jesus de Bouças de Matosinhos, em Portugal, chegou ao Brasil nos séculos XVII e XVIII, quando famílias portuguesas que mudaram para cá começaram a difundir entre os nativos e os escravos a fé no Senhor Bom Jesus.

Assim, aos poucos foram surgindo diversas capelas, Igrejas, Basílicas e Santuários com o objetivo de resguardar e promover esta devoção, como por exemplo, Santuário do Bom Jesus de Pirapora e Tremembé (São Paulo), Basílica do Senhor Bom Jesus (Congonhas do Campo – MG) e Santuário da Lapa do Senhor Bom Jesus (Bahia).

Em Montes Claros, esta devoção existe oficialmente desde 1919, quando foi terminada a construção do Santuário do Bom Jesus, localizado na praça Bom Jesus, no centro da cidade, local onde inicialmente existia a Capela da Cruz das Almas.

Desde então, este templo religioso celebra anualmente a Festa do Senhor Bom Jesus. Neste ano, as festividades acontecerão entre os dias 28/07 a 06/08, tendo como tema “Jubileu dos Trezentos Anos da Aparição da Imagem de Nossa Senhora Aparecida no Rio Paraíba” e como lema “Põe tuas delícias no Senhor e Ele realizará os desejos do teu coração” (Sl 37,4).

Durante a novena e festa em honra ao Senhor Bom Jesus, haverá a Santa Missa às 19 horas, celebrada por diversos padres e pelos bispos da Arquidiocese de Montes Claros; e no dia 06 (domingo), haverá a Missa dos Enfermos às 7h30min, a procissão às 18h30min e a solene missa de encerramento às 19h, além de barraquinhas na Praça Bom Jesus com comidas típicas nos dias 28/07, 29/07, 30/07, 02/08, 03/08, 04/08, 05/08 e 06/08.

Você e a sua família são os nossos convidados!

Participe conosco desta linda festa em honra ao Senhor Bom Jesus!

Deus abençoe!

*Vigário Paroquial da Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida

Há 16 anos surgia o grupo JOTA – Jovens em oração trabalho e amizade. Desde então essa comunidade tem a missão de evangelizar, trabalhar e chamar jovens para o encontro pessoal com O Cristo Salvador. Com a base de oração, tem-se reuniões e adorações semanais.

Venha fazer parte dessa família, estão abertas as inscrições para o XVIII Encontro. Venha viver um momento único, experimentar do amor de Deus e vivenciar tudo aquilo que Ele quer para nós.

Inscrições do dia 24/07 até 14/08, com os membros do grupo e aos domingos após a Santa Missa das 18h30 na CATEDRAL. A partir do dia 01/08 a inscrição poderá ser feita na secretaria do salão paroquial João Paulo II.
*Para jovens a partir de 21 anos.

Entre os diversos movimentos pastorais existentes na Paróquia Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida, um surgiu como alternativa ao atendimento às pessoas que buscam um conforto, alguém para conversar e, principalmente, que saiba escutar sem julgar, a Pastoral da Escuta. Atendendo as quartas e quintas-feiras, a Escuta funciona numa sala no interior do Salão Paroquial João Paulo II.

De acordo com uma das coordenadoras, Margarete Souza, a missão da pastoral é possibilitar que as pessoas se sintam acolhidas e que sente a necessidade de serem ouvidas por alguém. “Trata-se de um apoio às pessoas que queiram desabafar com alguém preparado para esta função e que guarde sigilo absoluto”, destaca a coordenadora.

Ao refletir sobre o primeiro livro de Samuel compreendemos que Deus nos escuta nas nossas necessidades e quer que façamos o mesmo pelo próximo. Quando escutamos nosso semelhante estamos sendo instrumentos de deus na vida dessas pessoas que são ouvidas por nós (1Sam 3, 9-11). “Ao deixar que a pessoa fale de seus problemas, é dado a ela a oportunidade de elaborar seus pensamentos para buscar a solução por si mesma”, ressalta.

A Pastoral da Escuta é um serviço de acolhida das pessoas para auxiliá-las, quando possível, na tomada de decisões, diante dos sofrimentos, em meio aos problemas que passam, ou simplesmente para ouvi-las. O Agente da Pastoral não fará confissão, terapia, orientação espiritual ou catequese, embora possa fazer uso de algumas ferramentas de sua formação.

Outras informações podem ser obtidas na Secretaria Paroquial ou pelo telefone (38) 3221-5028.

Um fim de semana especial para vários casais. Assim foi o 59º Encontro de Casais com Cristo (ECC) realizado nos dias 7, 8 e 9 de julho, pela Paróquia Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida, no Centro Paroquial João Paulo II.

O ECC é um serviço da Igreja em prol da evangelização das famílias que procura construir o reino de Deus aqui e agora, a partir da família, da comunidade paroquial, mostrando pistas para que os casais se reencontrem com eles mesmos, com os filhos, com a comunidade e, principalmente, com Cristo, tendo uma visão do que é ‘ser Igreja hoje’ e de seu compromisso com a dignidade da pessoa humana e com a justiça social.

“O ECC tem uma importância muito grande. É um chamado, um despertar para que venham ao encontro do Senhor”, destacou Vanderleia Ferreira Silva que, com o esposo Alauice Pereira Oliveira, coordenaram o Encontro.

De acordo com André Lopes e sua esposa Sande Almeida, que participaram do Encontro, O ECC foi uma oportunidade de renovar os votos do matrimônio e avivar o amor do casal. “Nestes três dias, vivemos momentos de reflexão e oração e o mais importante, reforçamos a necessidade de viver o relacionamento a três; nós e Cristo”, comentaram.

Após o encerramento de um conjunto de grandes Festas católicas como a Páscoa, Ascensão do Senhor, Pentecostes, Santíssima Trindade e Corpus Christi, a liturgia nos leva a contemplar o Sagrado Coração de Jesus. Este ano, a solenidade que é comemorada sempre na segunda sexta-feira após o Corpus Christi, é celebrada neste dia 23 de junho.

Com o tema: ‘Só Jesus é bom’, a paroquia Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida iniciou ontem (21), o tríduo em preparação para a festividade. Durante a homilia, o padre Valdomiro Soares Machado (frei Valdo), chamou a atenção da sociedade atual para se voltar mais a Jesus Cristo que as coisas do mundo material. “Nesta Solenidade, Jesus nos chama a participar da vida divina do desapego das riquezas materiais e a partir da partilha com os necessitados ao promovermos a vida no mundo em comunhão com o próximo e com Deus”, destaca.

O sacerdote falou sobre a proposta apresentada por Jesus aos discípulos de ontem e os de hoje em relação à prática da caridade, da oração e do jejum que eram tidas no passado como obras de justiça em que as pessoas praticavam para serem vistas e reconhecidas pelas mesmas. “Nesta exortação, Jesus vem desmascarar a hipocrisia dos chefes de Israel e também dos chefes de hoje. Tudo deve ser feito numa humilde relação com Deus, sem ostentação e sem luxo. Os poderosos deste mundo sempre ostentam a aparência de bondade e de justiça fazendo leis para enganar o povo brasileiro e se consolidarem no poder. Jesus, neste tríduo de preparação para a Festa do Seu Sagrado Coração, vem desmascarar esses falsas aparências, pois só há piedade quando as obras são práticas em vista do amor ao próximo e da restauração da vida”, adverte frei Valdo.

A devoção ao Sagrado Coração teve início com São João Eudes e Santa Margarida Maria de Alacoque, no século XVII, embora a devoção remonte aos séculos XIII e XIV, com a primeira aprovação pontifícia no século seguinte. No ano 1856 o Papa Pio IX estendeu a festa a toda a Igreja e em 1928 o Papa Pio XI concedeu à devoção a máxima categoria litúrgica, de solenidade.

 

2º Dia

Neste segundo dia o tema do tríduo é: “Tornou-se igual a nós”

 

3º Dia

Santa Missa e Festa do sagrado Coração de Jesus

 

 

Galeria de Fotos

0 669
Com a Santa Missa presidida por Frei Valdo (Padre Valdomiro Soares Machado), Pároco da Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida de Montes Claros, iniciou-se a...