Celebração de Corpus Christi reúne milhares de fiéis em frente à Catedral

Celebração de Corpus Christi reúne milhares de fiéis em frente à Catedral

Encerrou no início da noite desta quinta-feira (15), na Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida, a Solenidade de Corpus Christi, com a benção do Santíssimo Sacramento. A missa foi presidida pelo arcebispo metropolitano de Montes Claros, dom José Alberto Moura e concelebrada pelos padres da Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida, e das paróquias Santa Rita de Cássia, Nossa Senhora do Socorro e Todos os Santos, Sagrado Coração de Jesus e Nossa Senhora da Conceição e São José. Aconteceu ainda a procissão com o Santíssimo.

O ponto de partida da homilia de dom José foi o Evangelho de São João ‘Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele’ (Jo 6, 56). “Jesus mostra quem ele é, para que veio e sendo o nosso alimento, porque sem ele nós, na nossa fraqueza, não somos capazes de suportar a caminhada, aqui, na direção vivificada pelo próprio Pai de Jesus e, também, nosso. Ele vai à frente e nos indica como realizar isto com a força do alimento da carne e do sangue d’Ele”, exorta o arcebispo.

Na reflexão, dom José falou ainda sobre a caminhada e a contribuição dos católicos para promover uma intensa mudança na realidade que o Brasil vive atualmente, mas para isso é preciso estar alimentado com o corpo de Cristo.  “Precisamos caminhar com Jesus na Eucaristia, dentro de nós, para que olhemos para essa realidade que precisa ser mudada no nosso país. Por isso, ao votarmos precisamos fazer boas escolhas para que não nos culpemos posteriormente. E Jesus nos mostra isso nesta solenidade para que tenhamos alegria e esperança na nossa sociedade, na nossa família e na nossa vida, porque mesmo seja crucificado em nós, Ele ressuscita e dá a vida”, ponderou.

O arcebispo comentou ainda sobre alguns tapetes de tecido que foram confeccionados para a procissão e falou da ação prática que será realizada pela Igreja. “Temos tapetes que nós não vamos pisar em cima deles, para não estragar porque nós queremos indicar com isto, um gesto na prática do amor, e posteriormente daremos estes cobertores aos pobres para se aquecerem neste período de frio”, concluiu.

P6150203 P6150128 P6150142 P6150157 P6150159

COMENTÁRIOS

Responder

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.