Cinco razões para ser dizimista

Cinco razões para ser dizimista

1. Devemos ser dizimistas porque nada trouxemos para esse mundo nem dele nada levaremos. Isso significa que não somos donos de nada, mas apenas usuários dos bens que Deus nos confiou. Por isso não “damos” o dízimo, mas “devolvemos” o dízimo daquilo que o Senhor mesmo nos confiou.

2. Devemos ser dizimistas porque sua prática foi observada por aqueles que andaram com Deus. O dízimo foi observado antes da Lei, durante a Lei, nos livros históricos, poéticos, proféticos, bem como, no Novo Testamento. Sempre que o povo de Deus enfraqueceu na fé e se afastou da verdade, reteve os dízimos e sonegou as ofertas. A ausência da devolução dos dízimos sempre foi um sinal de afastamento de Deus na história da Igreja.

3. Devemos ser dizimistas porque sua prática é um sinal da vida espiritual abundante. Antes de o profeta Malaquias encitar o povo a trazer os dízimos para Deus, chamou-os a trazer o coração ao altar. Isso porque a vida vem antes da oferta. Primeiro entregamos a Deus o nosso coração, depois trazemos nossa oferta. O coração se abre antes do bolso.

4. Devemos ser dizimistas porque essa prática não é uma opção, mas um mandamento. Não o entregamos quando bem entendemos, mas o fazemos porque Deus expressamente nos ordena. “Trazei todos os dízimos à casa do tesouro”. Não ser um dizimista é uma desobediência a uma ordem expressa de Deus.

5. Devemos ser dizimistas porque esta é uma das melhores maneiras de demonstrar a nossa gratidão a Deus. Enquanto a retenção injustificada do dízimo evidencia a ingratidão de quem não soube reconhecer as dádivas celestiais, a sua devolução consciente abre o nosso coração a um relacionamento mais profundo, sincero e dinâmico com aquele que, diariamente, abre o céu para nos abençoar.

Seja um dizimista em nossa paróquia. Entre em contato conosco, pelo telefone: (38) 3221-5028, e faça já o seu cadastro.

Deus abençoe!

COMENTÁRIOS

Responder

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.