INAUGURAÇÃO DA TV CATEDRAL

INAUGURAÇÃO DA TV CATEDRAL

No dia 17 (dezessete) e março, na Missa da Unidade e dos Santos Óleos, a Catedral inaugurou um mais novo sistema de Comunicação: a TV CATEDRAL.

Desde 1963, quando o Papa Paulo VI aprovou e promulgou o Decreto “Inter Mirifica”, os meios de comunicação social tornaram-se parte integrante da evangelização,  de tal modo que o seu uso passou a ser considerado um dever dos pastores e dos fiéis na ação pastoral da Igreja, como se vê do trecho a seguir:

“Todos os filhos da Igreja, unanimemente e de comum acordo, esforcem-se por que, sem demora e com o máximo de empenho, se empreguem eficazmente os meios de comunicação social nas multiformes obras de apostolado, como o estão a exigir instantemente a conjuntura das coisas e dos tempos, antecipando-se às más iniciativas, sobretudo naquelas regiões onde o progresso moral e religioso requer um trabalho mais urgente.” (Decreto “Inter Mirifica” n. 13)

Mais recentemente, no ano de 2007, a V Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano e do Caribe, através do Documento de Aparecida, enfatizou a importância dos meios de comunicação social para a Igreja dos tempos modernos, chegando a afirmar que a Igreja deveria se sentir culpada caso não lançasse mão dos novos instrumentos de evangelização, como se vê a seguir:

“A Igreja se sentiria culpada diante de Deus se não empregasse esses poderosos meios, que a inteligência humana aperfeiçoa cada vez mais. Com eles, a Igreja ‘proclama sobre os telhados’ a mensagem da qual é depositária. Neles, encontra uma versão moderna do ‘púlpito’. Graças a eles, pode falar às multidões. ” (Documento de Aparecida n. 485)

Nesse mesmo sentido, o Documento 100 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), intitulado “Comunidade de Comunidades: Uma Nova Paróquia”, aborda sobre os meios de comunicação social como uma nova forma de interação entre os fiéis que participam de uma comunidade e enfatiza que “a ausência da paróquia nesses meios é inconcebível” (Doc. 100 n. 312).

Atendendo aos apelos da Igreja, a Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida inaugura, nesta quinta-feira (17/03), por ocasião da Missa dos Santos Óleos, o seu novo sistema de comunicação social.

Trata-se de um moderno e arrojado projeto, que engloba tanto os recursos mais usuais de comunicação, como o Facebook, Whatsapp, Twitter e Instagram, todos eles já em pleno funcionamento, quanto serviços mais complexos como a Rádio Catedral e a TV Catedral, que visam a transmitir, ao vivo, o áudio e a imagem de todas as Santas Missas celebradas na Igreja.

Relativamente à TV Catedral, um dos últimos investimentos tecnológicos realizados, foram instaladas 04 câmeras de alta resolução em pontos estratégicos da Igreja, as quais captam as imagens das celebrações e enviam tanto para os monitores – 07 TVs instaladas para favorecer a visibilidade das pessoas que se assentam próximas às colunas e que, de outra maneira, não conseguiriam enxergar o presbitério e o altar – quanto para o YouTube, onde a Catedral possui um canal que transmite ao vivo, e para o mundo inteiro, as suas celebrações eucarísticas. Não sem razão, a Catedral de Montes Claros desponta hoje como uma das primeiras igrejas católicas no Brasil a transmitir ao vivo, pelo Youtube, todas as suas missas.

E para coroar todas essas inovações, a Catedral acaba de fechar com a TV Gerais uma parceria através da qual, toda semana, a Missa dos Enfermos, que acontece às 07h na quarta-feira, será transmitida ao vivo por esse canal, de modo a favorecer a participação de pessoas que não podem ir à Igreja e, por essa razão, receberão a presença da Igreja em sua casa.

Por isso, o que cabe a nós, nesse momento, é agradecer. Primeiro a Deus, por nos confiar um projeto de Igreja tão audacioso e inovador. Depois, à Rádio Educadora AM, que, há tempos, transmite a Missa dos Enfermos semanalmente para ouvintes em Montes Claros e região. A todas as outras rádios e TVs que sempre nos acompanham e nos apoiam em nossos projetos. Aos nossos dizimistas, sem os quais nada disso seria possível. Aos membros da Pastoral da Comunicação, que trabalham incessantemente para que esse, e outros projetos, se tornem realidade. Aos católicos em geral e às pessoas de boa vontade que sempre se solidarizam conosco. E por último, mas não menos importante, ao nosso Pároco, Frei Valdo, e ao nosso Arcebispo, Dom José Alberto, grandes comunicadores que, com gestos e palavras, têm trazido inúmeros benefícios à Igreja do Norte de Minas Gerais.

A todos os nossos paroquianos e católicos em geral, e a todos os assinantes do Jornal Gazeta Norte-Mineira, uma feliz e abençoada Páscoa!

Atenciosamente,

Pe. Wagner Eduardo Dias,

Vigário Paroquial da Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida.

 

Sem comentários

Faça seu comentário

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.