Qual a revolução de Teresinha?

Qual a revolução de Teresinha?

0 357

Há 120 anos uma carmelita de 24 anos revolucionou sua vida de oração. Sim, a sua!

Para o senso comum do século 21, a vida de uma religiosa deve estar longe de um testemunho revolucionário. Passados mais de 120 anos da morte de Teresinha de Lisieux e, com tudo o que já foi dito sobre ela, o que a vida da carmelita pode ainda trazer de novidade para um livro?

As Edições Shalom lançam “Teresinha, a santa revolucionária”, de Vicente Tomaz, na certeza de que quem vive o Evangelho guarda sempre a boa nova.

Segundo o autor, o livro traz o mérito de apresentar uma síntese de grandes autores especializados na vida e na doutrina teresiana, como François-Marie Lethèl, Hans Urs von Balthasar, Conrad de Meester, Guy Gaucher, no intuito de evidenciar os aspectos fundamentais da espiritualidade de santa Teresinha.

“Teresinha tinha o ímpeto de uma revolucionária”, diz o autor. “Ela entrou no Carmelo aos 15 anos, após sua grande ousadia de ir ao Papa Leão 13 pedir a permissão para ingressar na vida religiosa”. Por outro lado, a carmelita revela seu grande dom da simplicidade. “Ela descomplica tudo”, afirma Vicente. “Talvez isso explique a devoção pela santa alcançar proporção mundial. Em todo lugar de fé católica, vê-se sua presença. “Sua simplicidade oferece a todos um caminho acessível para a santidade, chamado pequena via”.

Com esta proposta, o livro apresenta a vida da carmelita francesa, uma jovem falecida aos 24 anos, apaixonada por Deus e pela humanidade, por meio de uma linguagem acessível e conteúdo de grande valor teológico.

O livro mostra a experiência de Teresa com o amor divino, que leva a uma adesão aos planos de Deus, revela também as características e as práticas da pequena via, caminho da santidade possível até mesmo para as almas mais imperfeitas, e também a compaixão missionária desta grande santa. Sua vida permanece sendo uma grande luz que ilumina a muitos!

Vicente Tomaz participa do lançamento no Congresso de Jovens Shalom, dias 1 e 2 de junho, no Expo Barra Funda, em São Paulo, onde encontra mais de 3 mil jovens do Brasil e do exterior. O autor é formado em Filosofia e Teologia. Nasceu em São Paulo (SP), em 1981. Ingressou na Comunidade Católica Shalom em 2003. A carmelita francesa é, para ele, uma amiga e mestra espiritual, que o acompanha desde as suas primeiras experiências com Deus na adolescência e que a cada dia o ensina a amar mais a Jesus e a humanidade.

FICHA TÉCNICA

Teresinha, a santa revolucionária

Vicente Tomaz

160 páginas

Edições Shalom

Para comprar: https://livrariashalom.org/teresinha-a-santa-revolucionaria

Fonte: https://www.comshalom.org/

SIMILAR ARTICLES

NO COMMENTS

Leave a Reply

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.