Vaticano divulga oração que o Papa vai fazer na Capelinha das Aparições

Vaticano divulga oração que o Papa vai fazer na Capelinha das Aparições

Francisco apresenta-se como ‘bispo vestido de branco’ e evoca sofrimentos da humanidade

O Vaticano divulgou a oração que o Papa vai fazer na Capelinha das Aparições, a sexta-feira (12), na sua primeira intervenção pública em Fátima, pelas 18h15.

Francisco começa por evocar a “Senhora da veste branca”, no local onde há cem anos mostrou “os desígnios da misericórdia do nosso Deus”, e apresenta-se como “bispo vestido de branco”.

“Seremos, na alegria do Evangelho, a Igreja vestida de branco, da alvura branqueada no sangue do Cordeiro derramado ainda em todas as guerras que destroem o mundo em que vivemos”, vai recitar o Papa.

A oração, disponível no Missal oficial da viagem, da responsabilidade do Departamento das Celebrações Litúrgicas do Sumo Pontífice (Santa Sé) apresenta as causas da paz e as “dores da família humana.

O Papa recorda o exemplo dos “bem-aventurados Francisco e Jacinta”, os pastorinhos que vai canonizar a 13 de maio, e de todos os que se entregam à mensagem do Evangelho.

“Percorreremos, assim, todas as rotas, seremos peregrinos de todos os caminhos, derrubaremos todos os muros e venceremos todas as fronteiras, saindo em direção a todas as periferias, aí revelando a justiça e a paz de Deus”, acrescenta o texto.

A oração conclui-se com uma consagração do Papa à “Virgem do Rosário de Fátima”, antes de venerar a imagem da Capelinha e ali depositar um presente de homenagem.

Francisco vai estar em “oração silenciosa” antes de se retirar para a Casa de Nossa Senhora das Dores.

O Papa regressa ao local, às 21h30, para a bênção das velas antes da recitação do rosário, acendendo ele próprio uma vela.

“Dignai-Vos abençoar estas velas, que acendemos em Vosso louvor; e por intercessão da Virgem Mãe, que aqui se manifestou revestida da Vossa luz, fazei que perseveremos na fé, até que um dia, quando o Senhor vier, possamos ir ao Seu encontro, com todos os Santos, no Reino dos Céus”, vai rezar com os peregrinos.

Francisco vai fazer então a sua segunda intervenção em Fátima, antes da recitação do rosário, seguindo-se a procissão das velas e a Missa presidida pelo cardeal Pietro Parolin, secretário de Estado do Vaticano. (Agência Ecclesia)

COMENTÁRIOS

Responder

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.