VENCEDOR – Padre Wagner Eduardo Dias

VENCEDOR – Padre Wagner Eduardo Dias

 No último domingo (16/04), a Igreja celebrou no mundo inteiro a solenidade da Páscoa do Senhor, evento considerado, e não sem razão, como o mais importante de toda a história do cristianismo.

No Evangelho que foi proclamado nesse dia (Jo 20,1-9), um detalhe salta aos nossos olhos: “No primeiro dia da semana, Maria Madalena foi ao túmulo de Jesus, bem de madrugada, quando ainda estava escuro, e viu que a pedra tinha sido retirada do túmulo” (v. 1). Qual seria o sentido desse gesto? E quais as mensagens que poderíamos dele absorver?

Quando Maria Madalena chegou ao túmulo e encontrou apenas os panos que envolveram o corpo de Jesus, o seu gesto nos ensinou uma dura, mas bonita verdade: o túmulo não guarda senão vestígios das pessoas que faleceram. O que a pessoa foi, a vida que viveu, o seu sorriso, o seu jeito de olhar, de falar e de amar, não ficam depositados no túmulo, mas em Deus. Matamos muito mais a saudade de nossos entes falecidos quando nos aproximamos de Deus do que quando vamos ao cemitério.

Outra mensagem que o gesto de Madalena nos oferece é que não devemos ficar angustiados, preocupados ou mesmo curiosos sobre o destino das pessoas que deste mundo partiram. A nossa fé na ressurreição deve ser suficiente para nos garantir que, como Deus cuidou de Jesus depois de sua morte, também cuidará dos nossos amigos e familiares que faleceram.

Mas a mais bela mensagem desse gesto nos é dada quando Maria Madalena se encontra com Jesus Ressuscitado: assim como o Pai permitiu a morte de Seu Filho e depois de três dias o trouxe de volta ao mundo, do mesmo modo, Ele, que permitiu o falecimento das pessoas que amamos, as trará de volta no dia final. Isto não é só uma promessa. É uma garantia!

E assim, na medida e na intensidade com que abraçamos esta verdade, podemos experimentar a alegria da Ressurreição. Já não há mais morte, nem dor, nem sofrimento que possa nos separar de Jesus Cristo e daqueles que amamos. Se Jesus venceu a morte, considere-se, você também, um vencedor!

Deus abençoe!

Pe. Wagner Eduardo Dias

Vigário Paroquial da Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida.

Sem comentários

Faça seu comentário

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.