Orações Específicas

Porque “o mal pode continuar presente em um recinto muito tempo depois do que quer que tenha acontecido lá dentro…”

Ope. Edward Looney é um sacerdote norte-americano que, ao viajar, sempre leva consigo uma garrafinha de água benta. Ele explica o motivo com uma única frase:

“Porque o mal é real”.

O pe. Edward comenta que o mal pode continuar presente em um recinto muito tempo depois das práticas perversas que possam ter acontecido lá dentro.

Ele cita o exemplo concreto dos quartos de hotel:

“Você não sabe quem foi a pessoa que ocupou aquele quarto antes de você, nem que tipo de bagagem ela trouxe consigo. Você não sabe o que ocorreu no quarto que, ao menos por uma noite, é ‘seu’. A água benta é uma poderosa proteção contra o mal e ajuda a dissipar os seus resquícios”.

É por isso que ele tem o hábito de aspergir água benta pelo quarto – e dá uma dica aos interessados em fazer o mesmo: se você não tiver água benta em casa, a sua paróquia pode lhe fornecer. Converse com o seu pároco.

O pe. Edward também compôs a seguinte oração, que ele reza enquanto asperge a água benta pelo recinto:

Oração pedindo proteção contra o mal

Deus Todo-Poderoso, eu Vos peço:enviai os Vossos anjos para estarem comigo neste locale protegei-me de todo assalto do maligno.Perdoai todo mal que tenha sido cometido neste quartoe concedei a graça da conversão àqueles que Vos ofenderam.Dissipai os poderes das trevas que possam estar neste quartoe protegei-me nesta noite,bem como a todos os que vierem a dormir neste localde hoje em diante.Jesus, eu confio em Vós!

Fonte: https://pt.aleteia.org/

Uma oração da noite especial para inundar seu coração de paz

Meu Pai, agora que as vozes silenciaram e os clamores se apagaram, aqui ao pé da cama minha alma se eleva a Ti, para dizer:

Creio em Ti, espero em Ti, e amo-te com todas as minhas forças, glória a Ti, Senhor!

Deposito nas tuas mãos a fadiga e a luta, as alegrias e desencantos deste dia que ficou para trás.

Se os nervos me traíram, se os impulsos egoístas me dominaram, se dei lugar ao rancor ou à tristeza, perdão, Senhor!

Tem piedade de mim.

Se fui infiel, se pronunciei palavras em vão, se me deixei levar pela impaciência, se fui um espinho para alguém, perdão Senhor!

Nesta noite não quero entregar-me ao sono sem sentir na minha alma a segurança da tua misericórdia, a tua doce misericórdia inteiramente gratuita.

Senhor! Eu te agradeço, meu Pai, porque foste a sombra fresca que me cobriu durante todo este dia.

Eu te agradeço porque, invisível, carinhoso e envolvente, cuidaste de mim como uma mãe, em todas essas horas.

Senhor! Ao redor de mim tudo já é silêncio e calma.

Envia o anjo da paz a esta casa.

Relaxa meus nervos, sossega o meu espírito, solta as minhas tensões, inunda meu ser de silêncio e de serenidade.

Vela por mim, Pai querido, enquanto eu me entrego confiante ao sono, como uma criança que dorme feliz em teus braços.

Em teu nome, Senhor, descansarei tranquilo.

Assim seja! Amém.

 

(via Oração já)

Fonte: https://pt.aleteia.org/

Uma prece eficaz pelos enfermos e pela libertação da depressão (pode ser rezada isoladamente ou como novena)

Eterno Pai, eu vos ofereço as Santas Chagas de Nosso Senhor Jesus Cristo para curar as chagas de nosso corpo e de nossa alma. (3x)

Senhor Jesus, coloco em vossas Santas Chagas todos os enfermos. Vós que pela vossa Palavra e pelo toque de vossas mãos curastes cegos, paralíticos, leprosos e tantos outros doentes.

Animados pela fé, nós também viemos suplicar por estes enfermos cujos nomes lembramos agora.

(Diga os nomes dos enfermos pelos quais está fazendo esta oração)

Pedimos, Senhor, que por vossas Santas Chagas, curai os corações angustiados e libertai-os da depressão.

Dai, Senhor, por vossas Santas Chagas, a perseverança na oração, apesar do desânimo próprio da doença.

Por vossas Santas Chagas, dai a graça da simplicidade para aceitar a ajuda dos profissionais, familiares e amigos.

Por vossas Santas Chagas, concedei a resistência na dor e a força diante das dificuldades do tratamento.

Senhor Jesus, que tomastes sobre Vós os nossos sofrimentos e suportastes as nossas dores, nós vos suplicamos pelos nossos irmãos doentes: fortalecei a sua paciência e reanimai a sua esperança, para que possam, com a vossa bênção, superar a enfermidade e alcançar, com a vossa ajuda, um completo restabelecimento.

Senhor, confiantes, nós colocamos também nossas próprias enfermidades nas vossas Santas Chagas Redentoras.

Dai-nos a graça de perceber a transitoriedade desta vida e entender que o pecado é a maior de todas as enfermidades.

Que tenhamos a compreensão de que no sofrimento humano se completa vossa Paixão Redentora.

Por vossas Santas Chagas, livrai-nos da depressão.

Por vossas Santas Chagas, curai as nossas chagas do corpo e da alma.

Amém.

 

(via Pe. Reginaldo Manzotti)

Fonte: https://pt.aleteia.org/

Uma devoção repleta de ternura e fé

Oração a ser feita especialmente no Tempo do Natal

Beijando a mãozinha direita:
“Ó meu Jesus, o que Tu quiseres eu também quero, e o quero porque o queres, ó meu Jesus.”

Beijando a mãozinha esquerda:
“Jesus, o que Tu quiseres eu também quero, e o quero como o queres, ó meu Jesus.”

Beijando o pezinho direito:
“Jesus, o que Tu quiseres eu também quero, e o quero quando o queres, ó meu Jesus.”

Beijando o pezinho esquerdo:
“Jesus, o que Tu quiseres eu também quero, e o quero enquanto o queres, ó meu Jesus.”

Beijando o coração do Santo Menino:
“Jesus, o que Tu quiseres eu também quero, e o quero porque tudo vem de Ti,
E tudo é para glória tua e bem meu, seja o que for, ó meu Jesus.”

“Ó meu Jesus, ó doce meu Senhor,
Dá-me o que vejo no teu coração:
Dor, para que não falte em mim o amor.
Amor, para que não falte na dor.
Dor que suporta toda dor.
Amor a desprezar todo outro amor.”

Amém!

 

(Autor desconhecido)

Fonte: https://pt.aleteia.org/

REDAÇÃO CENTRAL, 23 Dez. 17 / 05:00 am (ACI).- Sábado é tradicionalmente o dia dedicado à Virgem Maria. Neste sábado, em especial, preparando a chegada de Jesus, compartilhamos esta oração mariana para agradecer Àquela que fez tudo para nos dar o Salvador e para que, por sua intercessão, Jesus também nasça em nossos corações.

1. INTRODUÇÃO

A família se reúne em um lugar adequado na casa, em torno de uma imagem de Santa Maria.

Todos (fazendo o sinal da Cruz): Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

O pai da família (explica aos presentes o significado da liturgia com as palavras): Ao darmos graças a Deus que nos deu seu Filho, devemos também dar graças à Virgem Maria. Com o seu “Sim” às palavras do Arcanjo, por obra do Espírito Santo, tornou-se a Mãe de Deus e nossa Mãe. Na noite de Belém, “irradiou sobre o mundo a luz eterna, Jesus Cristo, nosso Senhor”. Demos graças a Santa Maria, porque Ela deu tudo por nossa reconciliação, e rezemos para que nossos corações estejam sempre prontos para acolhê-la e com Ela a seu Divino Filho.

A mãe da família: Obrigada por ser Santa Maria. Obrigada por ter se aberto a graça e escuta da Palavra, desde o princípio. Obrigada por ter acolhido em teu ventre puríssimo Aquele que é a Vida e o Amor. Obrigada por manter o teu “Faça-se” através de todos os acontecimentos de tua vida. Obrigada por teus exemplos, dignos de serem acolhidos e vividos. Obrigada por tua simplicidade, por tua doçura, por tua magnífica sobriedade, por tua capacidade de escuta, por tua reverência, por tua fidelidade, por tua grandeza e por todas aquelas virtudes que trazem a beleza em si e que Deus nos permite ver em Ti. Obrigada por teu olhar materno, por tuas intercessões, tua ternura, teu auxílio ajuda e orientação. Obrigada por tanta bondade. Enfim, obrigada por ser Santa Maria, Mãe do Senhor Jesus e nossa. Amém.

2. INVOCAÇÃO DA FAMÍLIA

Olhando para a imagem da Virgem, a família eleva a seguinte súplica comum.

Primeiro membro da família: Peçamos ao Senhor Jesus, Salvador do mundo, recorrendo confiantes à intercessão de sua Santa Mãe. Digamos:

R. Que a vossa Santa Mãe, Senhor, interceda por nós.

Salva-nos, Senhor, por tua anunciação-encarnação. R.

Salva-nos, Senhor, por teu nascimento em Belém. R.

Salva-nos, Senhor, por tua apresentação no templo. R.

Salva-nos, Senhor, por teu santo batismo. R.

Salva-nos, Senhor, por tua paixão e cruz. R.

Salva-nos, Senhor, por tua morte e sepultamento. R.

Salva-nos, Senhor, por tua santa ressurreição. R.

Salva-nos, Senhor, por tua gloriosa ascensão. R.

Salva-nos, Senhor, pelo dom do Espírito Santo. R.

Salva-nos, Senhor, quando vier em tua glória. R.

Segundo membro da família: Às nossas preces, responderemos:

R. Que interceda por eles tua Santa Mãe.

Conceda ao Santo Padre, o Papa Francisco, e a nosso Bispo (diz o nome do Prelado) vida e saúde e os renove em seus ministérios e em suas santidades de vida. R.

Ilumine as mentes dos governantes em busca do bem comum, paz e reconciliação. R.

Escuta o clamor dos que sofrem, a oração dos perseguidos por causa de sua fé, a preces das vítimas inocentes. R.

Guia à conversão os que estão distantes de Ti. R.

Mostre a luz do teu rosto para aqueles que te buscam com sinceridade de coração. R.

E, finalmente, ajuda-nos nossa Mãe para que nosso lar seja como o de Nazaré, um cenáculo de comunhão no amor.

Todos: Nós recorremos à vossa proteção, Santa Mãe de Deus; não despreze as súplicas que dirigimos a ti em nossas necessidades; mas, livrai-nos sempre de todos os perigos, oh Virgem gloriosa e bendita.

O pai da família:  Oh Deus, que se manifestou ao mundo nos braços da Virgem Mãe de teu Filho, glória de Isabel e luz dos povos; faça com que, na escola de Maria, aprendamos a aderir ao Senhor Jesus e reconhecer Nele o único Salvador do mundo ontem, hoje e sempre. Ele que vive e reina pelos séculos dos séculos. Amém.

Todos (fazendo o sinal da Cruz): Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Fonte: http://www.acidigital.com/

Oração para esta manhã

Vinde, adoremos O Senhor que já está perto.

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,

como era no princípio, agora e sempre.

Amém

Hino

Em meio à treva escura,

ressoa clara voz.

Os sonhos maus se afastem,

refulja o Cristo em nós.

 

Despertem os que dormem

feridos de pecado.

Um novo sol já brilha,

o mal vai ser tirado.

 

Do céu desce o Cordeiro

Que traz a salvação.

Choremos e imploremos

Das culpas o perdão.

 

E ao vir julgar o mundo

No dia do terror,

Não puna tantas culpas,

Mas venha com amor.

 

Ao Pai e ao seu Filho

poder e majestade,

e glória ao Santo Espírito

por toda a eternidade.

Salmo                                             97(98)

 

Este salmo significa a primeira vinda do Senhor e a fé de todos os povos (Sto. Atanásio).

 

Cantai ao Senhor Deus um canto novo,

porque ele fez prodígios!

Sua mão e o seu braço forte e santo

alcançaram-lhe a vitória.

 

O Senhor fez conhecer a salvação,

e às nações, sua justiça;

recordou o seu amor sempre fiel

pela casa de Israel.

 

Os confins do universo contemplaram

a salvação do nosso Deus.

Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira,

alegrai-vos e exultai!

 

Cantai salmos ao Senhor ao som da harpa

e da cítara suave!

Aclamai, com os clarins e as trombetas,

ao Senhor, o nosso Rei!

 

Aplauda o mar com todo ser que nele vive,

o mundo inteiro e toda gente!

As montanhas e os rios batam palmas

e exultem de alegria,

 

na presença do Senhor, pois ele vem,

vem julgar a terra inteira.

Julgará o universo com justiça

e as nações com equidade.

 

Glória ao Pai…

 

Leitura breve                        ………………………………..Is 7,14b-15

Eis que uma virgem conceberá e dará à luz um filho, e lhe porá o nome de Emanuel; ele se alimentará de manteiga e de mel até quando aprender a fugir do mal e a procurar o bem.

 

O Senhor é contigo, ó Maria, alegra-te, cheia de graça!

Ele voltou seu olhar para ti: realizou toda esperança.

 

BENEDICTUS

Consola-te, consola-te, meu povo,

é o Senhor e o teu Deus quem te consola!

 

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai…

 

Preces

Cristo, Palavra de Deus, quis habitar no meio de nós e revelar-nos a sua glória.

Felizes com esta esperança, aclamemos:

 

  1. RFicai conosco, Emanuel!

 

Príncipe justo e reto,

– fazei justiça aos pobres e oprimidos. R.

Rei pacífico, que das espadas fazeis arados e das lanças, foices,

– ensinai-nos a transformar as invejas em amor e as ofensas em perdão. R.

Vós que não julgais pela aparência,

– confirmai na fidelidade perfeita aqueles que são vossos. R.

Quando vierdes sobre as nuvens do céu com grande poder e glória,

– fazei-nos comparecer sem temor na vossa presença. R.

 

(Intenções livres)

 

Pai nosso …

 

Oração

Concedei-nos, ó Deus onipotente, que as próximas festas do vosso Filho nos sejam remédio nesta vida e prêmio na vida eterna. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Fonte: https://pt.aleteia.org/

REDAÇÃO CENTRAL, 16 Dez. 17 / 05:00 am (ACI).- Em muitas famílias, costuma-se colocar a árvore de Natal em um lugar visível da casa e enfeitá-la com luzes, estrelas e presentes. Mas, o que significa para um cristão preparar sua árvore? Conheça a mensagem que traz este símbolo e como abençoá-lo em família.

ÁRVORE nos traz à memória a árvore do Paraíso (cf. Gn 2,9-17) de cujo fruto comeram Adão e Eva, desobedecendo a Deus. A árvore, então, nos lembra da origem de nossa desgraça: o pecado. Também nos recorda que o menino que vai nascer de Santa Maria é o Messias prometido que vem nos trazer o dom da reconciliação.

As LUZES nos recordam que o Senhor Jesus é a luz do mundo que ilumina nossas vidas, nos tirando das trevas do pecado e nos guiando em nosso peregrinar para a Casa do Pai.

ESTRELA. Em Belém, há mais de dois mil anos, uma estrela se deteve sobre o lugar onde estava o Menino Jesus, com Maria e José. Este acontecimento gerou uma grande alegria nos Reis Magos (cf. Mt 2, 9-10), quando viram este sinal. Também hoje, uma estrela coroa nossa árvore nos recordando que o acontecimento do nascimento de Jesus trouxe a verdadeira alegria a nossas vidas.

Os PRESENTES colocados aos pés da árvore simbolizam aqueles dons com os quais os Reis Magos adoraram o Menino Deus. Além disso, recordam-nos que Deus Pai tanto amou o mundo que entregou (como um presente) seu único Filho para que todo o que Nele crer tenha vida eterna.

Bênção da Árvore de Natal

Todos (fazendo o sinal da Cruz): Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

O pai da família: Bendito seja Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que do alto do céu nos abençoou com toda a bênção espiritual em Cristo.

Todos: Bendito seja o Senhor pelos séculos. Amém.

LEITURA

(Um dos presentes lê o seguinte texto da Sagrada Escritura)

Escutemos com atenção a leitura do profeta Isaías (Is 60,13):

“A glória do Líbano virá sobre ti, com o cipreste, o abeto e o pi­nheiro, para adornar o lugar do meu san­tuário, e mostrar a glória do trono em que me sento”.

ORAÇÃO DE BÊNÇÃO

(Em seguida o pai da família, com as mãos postas, diz a oração de bênção)

Oremos: Bendito seja, Senhor e nosso Pai, que nos concede recordar com fé, nestes dias de Natal, os mistérios do nascimento do Senhor Jesus. Conceda-nos a todos que adornamos esta árvore e a enfeitamos com luzes, com a alegria celebrar o Natal. Que possamos viver também à luz dos exemplos da vida plena de seu Filho e sermos enriquecidos com as virtudes que resplandecem em tua santa infância. A Ele a glória pelos séculos dos séculos.

Todos: Amém.

Todos (fazendo o sinal da Cruz): Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Fonte: http://www.acidigital.com/

Pope Francis laughs during his visit to the All Saints' Anglican Church in Rome, Italy, on Feb. 26, 2017. Photo courtesy of Reuters/Alessandro Bianchi

Hoje está fazendo 48 anos que o jovem Jorge Mario Bergoglio recebeu o sacramento indelével do sacerdócio de Jesus Cristo!

Em dezembro de 2013, o primeiro ano do atual pontificado, jornais e sites do mundo todo publicaram um texto composto por um jovem religioso jesuíta que estava prestes a ser ordenado sacerdote de Jesus Cristo para toda a eternidade.

Ele tinha recebido o sacramento indelével da ordem sacerdotal no dia 13 de dezembro de 1969, quatro dias antes de completar 33 anos de idade.

Seu nome era Jorge Mario Bergoglio. E hoje ele atende pelo nome de Papa Francisco.

Eis o seu texto, às vésperas do acontecimento que literalmente selaria a sua vida para sempre:

Quero crer em Deus Pai, que me ama como filho,
e em Jesus, o Senhor,
que infundiu o Seu Espírito na minha vida
para me fazer sorrir e me levar assim
ao Reino eterno de vida.Creio na Igreja.Creio que, na história,
que foi tocada pelo olhar de amor de Deus,
no dia da primavera, 21 de setembro,
Ele veio ao meu encontro para
me convidar a segui-lo.Creio na minha dor,
infecunda pelo egoísmo no qual me refugio.Creio na mesquinhez da minha alma,
que procura receber sem dar… sem dar.Creio que os outros são bons e que
devo amá-los sem medo e sem traí-los jamais,
sem buscar seguranças para mim.Creio na vida religiosa.
Creio que quero amar muito.
Creio na morte cotidiana, ardente, da qual eu fujo,
mas que sorri para mim, convidando-me a aceitá-la.Creio na paciência de Deus, acolhedora,
boa como uma noite de verão.Creio que o meu pai está no céu, junto ao Senhor.Creio que o padre Duarte também está lá,
intercedendo pelo meu sacerdócio.Creio em Maria, minha Mãe,
que me ama e nunca me deixará sozinho.E espero a surpresa de cada dia,
em que se manifestarão o amor, a força,
a traição e o pecado,
que vão me acompanhar até o encontro definitivo
com esse rosto maravilhoso
que não sei como é,
do qual eu fujo continuamente,
mas que quero conhecer e amar.

Amém.

Fonte: https://pt.aleteia.org/

Maria conhece suas necessidades, mágoas, tristezas, misérias e esperanças: confie nela!

“Maria conhece todas as nossas necessidades, mágoas, tristezas, misérias e esperanças. Interessa-se por cada um de seus filhos, roga por cada um com tanto ardor como se não tivera outro.” (Serva de Deus Madre Maria José de Jesus)

* * *

Nossa Senhora do Desterro, Mãe de Deus e nossa, que sofrestes as angústias e incertezas da fuga e do exílio no distante e desconhecido Egito, levando convosco o Filho ameaçado de morte por Herodes, escutai a nossa súplica.

Aqui estamos, confiando em vosso amor de Mãe bondosa e compreensiva. A vós, que já estais na Pátria definitiva, suplicamos, pedindo proteção para nós, peregrinos neste mundo, caminhando ao encontro do Pai, no Reino celeste.

Pedimos vossa intercessão por todas as famílias que buscam o aconchego de um lar, a segurança do trabalho, o pão de cada dia. Abençoai este lugar e este povo que em vós confia.

Intercedei pelos que sofrem, dai saúde aos doentes, reerguei os desanimados, restituí a esperança aos desamparados desta terra.

Acompanhai os migrantes, os refugiados e todos os que se encontram longe de sua pátria e família.

Amparai as crianças, dai vigor à juventude, abençoai as famílias, animai os idosos.

Dai-nos força para construirmos uma Igreja viva e santa e trabalharmos por um mundo justo e fraterno. E depois de nossa caminhada pelo mundo, mostrai-nos Jesus, bendito o fruto de vosso frente. Ó clemente, ó piedosa, ó doce sempre Virgem, Maria!

Nossa Senhora, rogai por nós. Amém.

Fonte: https://pt.aleteia.org/

REDAÇÃO CENTRAL, 01 Dez. 17 / 04:00 am (ACI).- Neste dia 1º de dezembro é celebrado o Dia Mundial de Luta Contra a Aids, uma doença que continua matando muitas pessoas. A Igreja Católica é a instituição que mais se preocupa pelas vítimas, atendendo um de cada quatro doentes no mundo inteiro.

Segundo o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre o HIV/Aids (UNAIDS, em inglês), em 2014, 36.9 milhões de pessoas viviam com o HIV, ou seja, seres humanos que têm o vírus, mas que ainda não desenvolveram a doenças e para os quais é importante o uso dos antirretrovirais.

Em junho de 2015, apenas 15.8 milhões tinham acesso ao tratamento antirretroviral e mais de 50 por cento não podiam acessar ao mesmo, entre eles aproximadamente 1.8 milhões eram crianças.

Deste modo, somente em 2014, “aproximadamente 2 milhões de pessoas foram infectadas pelo HIV e 1.2 milhões de pessoas morreram com doenças relacionadas a Aids”, indicou UNAIDS.

Um dado preocupante divulgado pelos peritos é que a quantidade de pessoas que não sabem que estão infectadas ultrapassa os 17.1 milhões.

Ao contrário de muitos organismos e instituições que propõem métodos anticoncepcionais, como o uso do preservativo (camisinha) para impedir o Aids, a Igreja destaca que a fidelidade dos esposos e a castidade até o matrimônio é a forma mais segura para evitar todo tipo de doença de transmissão sexual.

São João Paulo II, por motivo da Jornada Mundial do Doente em 2005, enviou uma mensagem ao mundo e recordou que para combater a Aids de forma responsável “é preciso aumentar sua prevenção mediante a educação no respeito ao valor sagrado da vida e a formação na prática correta da sexualidade”.

“Com efeito, se são muitas as infecções por contágio através do sangue, especialmente durante a gestação, infecções que devem ser combatidas com todos os meios, muito mais numerosas são as que se contraem por via sexual e que podem ser evitadas, sobretudo, mediante um comportamento responsável e a observância da virtude da castidade”, enfatizou.

Até 2010, do total de pessoas infectadas no mundo com o HIV/Aids, aproximadamente 25% era atendida por alguma instituição da Igreja Católica. Esta percentagem aumentava no caso da África, onde a Igreja cuidava de aproximadamente 50% dos afetados por este flagelo.

Nos últimos anos, com o impulso do Papa Francisco, esta ajuda caridosa e de amor ao próximo aumentou, o que converte a Igreja em uma das instituições mais importantes a nível mundial neste tema.

Por isso, neste dia especial de luta contra a Aids, unidos a milhares de cristãos, propomos a seguinte oração para que Deus dê fortaleza àqueles que sofrem desta doença.

Oração pelos doentes de Aids

Deus nosso Pai, escuta nossa oração por aqueles que são vítimas da Aids, aqueles que estão em perigo de morte. Concede-lhes o conforto de tua presença, faze com que eles procurem tua face, e encontrem a força em ti que és a fonte da vida. Senhor Jesus, escuta nossa oração por aqueles que acabaram de descobrir que estão contaminados pelo vírus HIV, mas que ainda não estão doentes. Recorda-lhes que eles têm ainda uma vida diante de si: faze com que eles encontrem em Ti a Vida, o Caminho e a Verdade. Espírito Santo de Deus, escuta nossas orações por aqueles que cuidam das pessoas doentes da Aids. Concede-lhes a certeza da presença do Pai e do amor de Jesus. Concede-lhes teu conforto, dá-lhes tua paz. Pai, nós te pedimos que todos nós escutemos teu apelo nestas circunstâncias, um apelo a ajudar os outros. Nós te pedimos que todos façam penitência de suas imoralidades e modelem suas vidas sobre os conselhos que nos dá a tua Palavra. Ajuda-nos a fim de que possamos viver de maneira responsável, pensando não unicamente em nós mesmos, mas também naqueles que estão ao nosso redor. Nós te pedimos pelos cientistas e médicos que trabalham na pesquisa em busca de um remédio para combater a Aids. Nós te pedimos por tua Igreja. Guia-nos a fim de que possamos dar teu conforto àqueles que necessitam de ser apoiados. Cumula nossos corações de tua compaixão para que os contaminados pela Aids tenham a certeza de que a Igreja os ajudará. Guia-nos a fim de que saibamos como ajudar aqueles que necessitam. Isso nós te pedimos porque tua misericórdia por nós é imensa.

Senhor da misericórdia, escuta nossa oração. Amém.

Fonte: http://www.acidigital.com/

Uma oração guiada em texto: pelas crianças, adolescentes e adultos que sofrem traumas

Quero, em meu nome e em nome de cada um desses filhos que trazem traumas profundos da infância, fazer uma consagração ao Espírito Santo.

Pedimos, Senhor, que Tu nos faças fiéis na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, amando e respeitando-Te todos os dias da nossa vida. Espírito Santo, consagramo-nos a Ti e somos Teus escravos, queremos ser possuídos pelo Teu Espírito Santo, para sermos livres de toda possessão do mal.

Cura na infância

Senhor, eu estendo minhas mãos sobre a vida de cada um desses filhos e filhas, e peço a cura pela primeira infância, pois muitas crianças são deixadas na creche desde muito novinhas, e sentem o trauma da separação de seus pais.

Cura-as de todo medo e trauma causado nesse período de ausência dos pais e de pessoas da família, pela convivência com estranhos, e cura esses filhos e filhas que sofrem e sentem a ausência dos seus pais e falta do afeto.

Rezemos pelas crianças adotadas e que testemunharam a violência

Rezemos pelos filhos que foram colocados para adoção. Quantos homens e mulheres, que, hoje, não conseguem se realizar, ter alegria e paz, porque foram colocados para adoção! Para muitas dessas crianças, falta a referência do amor de pai e mãe que as geraram. Assim curai todos esses traumas.

Senhor, intercedei por aquelas crianças que sofreram, por aquelas que, ainda quando eram pequenas, no mundo havia muita gritaria, violência, briga dos pais. Quantos filhos presenciaram seus pais se espancando, porque chegaram alcoolizados em casa! Curai aqueles que cresceram vivendo e vendo o pai e a mãe alcoólatras, quebrando a casa, batendo uns nos outros e, muitas vezes, sendo agredidos! Que todas as feridas de violência desses filhos, que foram humilhados quando crianças na escola, na catequese, e hoje sofrem e tem dificuldade de relacionamento e querem ficar fechados, sejam curadas.

Elimina, Jesus, a violência desse lar e de todos esses traumas do início da infância e adolescência que marcaram a vida desses filhos e geraram neles feridas profundas no corpo e na alma.

Lavai, Senhor, com a Água Viva do Teu Espírito Santo, a mente e o coração desses Teus filhos e filhas. Tirai todos esses pensamentos de morte provenientes da infância e do início da vida deles. Curai-os, Senhor!

Também, Senhor, olhai por todos aqueles que sofrem os traumas de perda de filhos e daquelas crianças que perderam seus colegas de escola e amigos, porque seus pais tiveram de mudar para outra cidade.

Batizai-as no Espírito Santo

Quebrai, Deus, toda essa opressão da mente e do coração desses filhos e libertai-os do sentimento de incapacidade, medo, culpa e inferioridade, por causa dessas feridas da infância.

Também curai aqueles traumas de crianças, as quais, na infância, passaram por acidentes, doenças e processos cirúrgicos, tendo de passar por UTIs, permanecendo em incubadoras, fazendo tratamentos pesados; por isso, hoje, sentem um medo profundo, possuem feridas na mente e na alma. Curai todos eles, agora, desses traumas, e os batizai no Espírito Santo, para que nenhuma ação do mal do passado faça-os prisioneiros. Batizai-os, agora, Senhor, para que esses filhos possam nascer de novo, não mais da carne, mas no Teu Espírito.

Eu coloco, entre cada um de vocês e sua infância, a cruz de Cristo. Digo-lhes que já não haverá mais comunicação daquelas feridas do passado na sua vida presente. Pelo Sangue de Jesus e por Suas chagas, você é curado e libertado.

(Via Canção Nova)

Fonte: https://pt.aleteia.org/

“Peço-te mãos que trabalhem honradamente e com entusiasmo para satisfazer as minhas necessidades e da minha família”

Pai Celestial, ao entrar em meu local de trabalho, desejo invocar Tua presença, para que eu possa te dar graças por este novo dia. Peço a Tua paz, a Tua graça, a Tua misericórdia e a Tua perfeita harmonia para esta empresa. Peço que Tu abençoes tudo o que se fala, pensa, decida e faça dentro destas paredes.

Abençoa meus projetos, minhas ideias e tudo o que eu fizer, para que até mesmo os menores sucessos sejam testemunhos de Tua glória.

Abençoa, Senhor, meus chefes, colegas, companheiros e todas as pessoas que vão se relacionar comigo neste dia.

Renova minhas forças, para que eu possa fazer o meu trabalho da melhor forma possível.

Neste dia, Senhor, peço-te um coração generoso para atender com amabilidade as pessoas e não ser indiferente às necessidades delas.

Peço-te olhos para enxergar melhor os que me cercam.

Peço-te uma boca que sorria com frequência, que diga frases otimistas e que se cale para rumores e palavras ofensivas.

Peço-te mãos que trabalhem honradamente e com entusiasmo para satisfazer as minhas necessidades e da minha família.

Peço-te uma mente aberta a todas as ideias, para pensar bem dos outros e compreender os que pensam diferentemente de mim.

Especialmente, Senhor, dá-me uma fé profunda para que eu acredite na Tua palavra e uma vontade forte de agir corretamente e fazer o bem.

Senhor, quando eu estiver confuso, guia-me; quando eu me sentir fraco, fortalece-me; quando eu estiver cansado, enche-me com a luz do Espírito Santo.

Peço-te que, neste dia, o trabalho que eu farei esteja de acordo com a Tua palavra e os Teus mandamentos. E peço-te que, quando eu terminar o trabalho de hoje, o Senhor possa me conduzir com segurança até a minha casa.

Amém.

Oração originalmente publicada por webcatolicodejavier.org, traduzida e adaptada ao português por Aleteia

Fonte: https://pt.aleteia.org/

“Senhor, estende tua mão e completa a obra que tu começaste”

Ó, Deus eterno, Pai de infinita bondade, que instituíste o matrimônio para propagar a espécie humana e povoar o céu, e que destinaste nosso sexo para esta tarefa, querendo que nossa fecundidade fosse uma das marcas de tua bênção, eu me coloco suplicante diante de Ti, que amo e adoro.

Quero Te agradecer pela criança que trago no ventre. Senhor, estende tua mão e completa a obra que tu começaste.

Que tua Providência esteja comigo, por meio de uma contínua assistência à frágil criatura que Tu me confiaste até a hora de sua chegada ao mundo. Neste momento, Deus de minha vida, ajuda-me e ampara minha fraqueza com tua mão poderosa. Recebe, então, meu filho e guarda-o até que ele entre, através do Batismo, para o seio da Igreja, tua esposa.

Ó, salvador da minha alma, que durante tua vida mortal tanto amaste as crianças e tantas vezes as tomaste nos braços, toma também a minha criança, a fim de que, tendo a ti como pai, ela possa santificar o teu nome e participar do teu reino. Eu consagro meu/minha filho(a) com todo meu coração e o(a) entrego ao teu amor infinito.

Tua justiça contemplou Eva e todas as mulheres que nascem dela com grandes dores. Eu aceito, Senhor, todos os sofrimentos que me destinas neste momento e te suplico, humildemente, pela Virgem Imaculada, que o meu momento de dar à luz seja abençoado para mim e para esta criança que me darás.

E vós, bem-aventurada Virgem, Santíssima Mãe de Nosso Salvador, honra e glória de nosso sexo, intercedei junto ao vosso Divino Filho, a fim de que Ele atenda, em sua infinita misericórdia, minha humilde oração.

Peço-vos, pelo amor virginal que tivestes por José, vosso santo esposo, e pelos méritos infinitos do nascimento do vosso Divino Filho.

Santos Anjos encarregados de velar por mim e pelo(a) meu (minha) filho (a), protejam-nos e conduzam-nos, a fim de que, através de sua ajuda, possamos um dia chegar à glória da qual vocês gozam e louvar ao nosso Senhor comum, que vive e reina por todos os séculos dos séculos. Amém.

Fonte: https://pt.aleteia.org/

Ela vive há 3.000 dias no inferno à espera do enforcamento – mas ainda tem forças e fé para rezar ao Cristo Ressuscitado

A católica paquistanesa Asia Bibi foi jogada na prisão em 14 de junho de 2009, sob a acusação, mundialmente questionada, de “ter blasfemado contra o islã”. Casada e mãe de 5 filhos, ela foi condenada, um ano depois, a nada menos que o enforcamento! Desde 2013, após duas transferências de presídio, Asia Bibi fenece em uma das três celas sem janelas do corredor da morte de Multan, no Punjab. Em 2017, passados mais de 3.000 dias e noites de angústia, solidão e terror inimagináveis, ela ainda aguarda o veredito final.

Do inferno em que é mantida presa à sombra do horror de não saber o dia nem a hora em que a sua vida pode ser extirpada de modo aberrantemente cruel e injusto, ela escreveu esta prece a Jesus Cristo:

Senhor Ressuscitado, permite que a tua filha Asia ressuscite contigo.Rompe as minhas correntes, liberta o meu coração para além destas barras e acompanha a minha alma, para estar perto das pessoas que eu amo e sempre perto de ti.Não me abandones no dia do tormento, não me prives da tua presença. Tu, que sofreste a tortura e a cruz, alivia o meu sofrimento. Sustenta-me perto de ti, Senhor Jesus.No dia da tua ressurreição, Jesus, eu quero orar pelos meus inimigos, por aqueles que me feriram. Rezo por eles e te peço que os perdoes pelo mal que me fizeram.Peço-te, Senhor, que retires todas as barreiras, para que eu alcance a bênção da liberdade. Peço-te proteção para mim e para a minha família.

Rezemos nós também por ela e demos-lhe apoio. Assim rezaremos e apoiaremos todos os cristãos perseguidos mundo afora, em meio aos seus sacrifícios inimagináveis para simplesmente serem fiéis Àquele em quem acreditam do fundo do coração.

Fonte: https://pt.aleteia.org/

Onde estava eu quando não pensava em vós?

Vós sois, ó Jesus, o Cristo, meu Pai santo, meu Deus misericordioso, meu Rei infinitamente grande.

Sois meu bom pastor, meu único mestre, meu auxílio cheio de bondade, meu bem-amado de uma beleza maravilhosa, meu pão vivo, meu sacerdote eterno.

Sois meu guia para a pátria, minha verdadeira luz, minha santa doçura, meu reto caminho, sapiência minha preclara, minha pura simplicidade, minha paz e concórdia.

Sois, enfim, toda a minha salvaguarda, minha herança preciosa, minha eterna salvação…

Ó Jesus Cristo, amável Senhor, por que, em toda a minha vida, amei, por que desejei outra coisa senão vós? Onde estava eu quando não pensava em vós?

Ah! Que, a partir deste momento, meu coração só deseje a vós e por vós se abrase, Senhor Jesus!

Desejos de minha alma, correi, que já bastante tardastes; apressai-vos para o fim a que aspirais; procurai em verdade aquele que procurais.

Ó Jesus, anátema seja quem não vos ama. Aquele que não vos ama seja repleto de amarguras.

Ó doce Jesus, sede vós o amor, as delícias, a admiração de todo coração dignamente consagrado à vossa glória.

Deus de meu coração e minha partilha, Jesus Cristo, que em vós meu coraçao desfaleça, sede vós mesmo a minha vida.

Acenda-se em minha alma a brasa ardente de vosso amor e se converta num incêndio todo divino, a arder para sempre no altar de meu coração.

Que inflame o íntimo do meu ser, e abrase o âmago de minha alma.

Para que, no dia de minha morte, eu apareça diante de vós inteiramente consumido em vosso amor…

Amém.

Fonte: https://pt.aleteia.org/

Galeria de Fotos