O livro da Vida





A Bíblia é um verdadeiro manual de instruções para a nossa vida. Nela, temos as respostas para todas as perguntas. Mas como encontrá-las?

ABíblia é, na verdade, um conjunto de livros. São, no total, 73 livros, sendo 46 no Antigo Testamento e 27 no novo testamento.

O antigo testamento narra a criação do mundo e o início da vida humana. Encontramos essas passagens no livro do Gênesis.

Em vários livros, somos apresentados à promessa da chegada do Messias para libertar o povo da opressão. Esse Messias é o próprio Cristo, que nasceu e viveu entre nós.

A vida de Cristo é narrada nos 4 evangelhos, que são os primeiros livros do Novo testamento, ou seja, da nova Aliança que Deus fez com os homens.

Todas as bíblias são iguais?

Não, a Bíblia Protestante tem 7 livros a menos. Quando houve a divisão da Igreja,  aqueles que não concordavam com o Papa decidiram promover uma reforma, que ficou conhecida como Reforma Protestante. Esse grupo passou a adotar uma antiga versão da Bíblia dos judeus, que tem esses 7 livros a menos que a Bíblia católica.

Quem escreveu a Bíblia?

Os escritos bíblicos foram reunidos durante um período muito longo. Existem registros que os primeiros livros já estavam escritos mil anos antes de Cristo. E com a luz do Espírito Santo, estes livros foram sendo guardados e adotados como a Palavra de Deus para nós.

Para compreender a Bíblia, é preciso entender em que contexto, em que situação ela foi escrita. Por exemplo, no Gênesis lemos que o homem foi criado do barro. Essa é uma forma para explicar a importância da criação do homem para Deus, que moldou o homem à sua imagem e semelhança. No tempo em que esse livro foi escrito, o barro e a modelagem eram uma das artes mais conhecidas, por isso, explicar dessa forma era a maneira mais fácil para que todos entendessem a importância dessa criação.

Em outra passagem, desta vez no Evangelho, lemos que Jesus estava anunciando a Boa Nova a uma multidão e disseram para ele que sua mãe e seus irmãos estariam do lado de fora e que queriam chegar até ele. Pela tradição e pelo ensinamento da Igreja Católica, sabemos que Maria não teve nenhum outro filho além de Jesus. Mas, naquela época, a linguagem usada não era tão cheia de palavras como a linguagem que conhecemos hoje. Quando uma pessoa queria falar que era primo, se usava a palavra irmão.

Para conhecer e viver a Palavra de Deus

O que precisamos fazer para conhecer melhor e viver os ensinamentos divinos? Só aprendemos a amar aquilo que nós conhecemos. Lendo a Bíblia todos os dias vamos nos aproximar de Deus, vamos nos tornar mais amigos de Deus.

Enfim, a Bíblia é um verdadeiro manual de instruções para a vida. Nos ensinamentos vamos encontrar coragem para os nossos desafios do dia a dia, palavras de sabedoria para nossa vida.

 

Fonte: Aleteia.org

Fonte: Mário Scandiuzzi