As razões pelas quais os católicos devem ler a Bíblia sempre





Mesmo um desses seis motivos deve ser suficiente para mudar nossos hábitos

 

 

Um professor meu do Seminário insistiu, quando começamos a estudar os Evangelhos, que nos sentássemos e lêssemos cada Evangelho por inteiro. Era um pedido sério e verdadeiro. O que ele queria dizer era que a narrativa das Escrituras nos inundaria, permitindo-nos descobrir uma riqueza ainda maior na sequência e no ritmo da vida de Jesus, conforme relatado pelos evangelistas.

O fato é que nós, católicos, devemos mergulhar nas Escrituras. A Bíblia é absolutamente central para nossa fé. Expressando isso, o Papa Francisco ensina:

 

A relação entre o Ressuscitado, a comunidade dos crentes e a Sagrada Escritura é extremamente vital para a nossa identidade. Sem o Senhor que nos introduz na SagradaEscritura, é impossível compreendê-la em profundidade; mas é verdade também o contrário, ou seja, que, sem a Sagrada Escritura, permanecem indecifráveis os acontecimentos da missão de Jesus e da sua Igreja no mundo.

 

Nossas orações tradicionais, como o Terço (Rosário), usam as palavras das Escrituras. Muitos devocionários oferecem meditações diárias sobre a Palavra de Deus. Além disso, as leituras que ouvimos na missa regularmente nos expõem a muito da Bíblia. Se você ler as leituras prescritas para a missa diária, ouvirá mais de 70% do Novo Testamento no ciclo de três anos.

Mas nenhuma dessas coisas capta como é abrir um Evangelho e estar imerso nele. É um exercício do qual eu me beneficiei pessoalmente, e até mesmo designei ao longo dos anos para meus próprios alunos.

Então, quais são os benefícios de abrir sua Bíblia? Aqui está uma pequena lista.

 

1. A BÍBLIA É DEUS FALANDO A NÓS

Os católicos acreditam que a Bíblia é a Palavra de Deus. Todas as verdades necessárias que Deus pretendeu comunicar para o propósito de nossa salvação estão contidas na Sagrada Escritura. O Concílio Vaticano II ensina:

 

E assim, como tudo quanto afirmam os autores inspirados ou hagiógrafos deve ser tido como afirmado pelo Espírito Santo, por isso mesmo se deve acreditar que os livros da Escritura ensinam com certeza, fielmente e sem erro a verdade que Deus, para nossa salvação, quis que fosse consignada nas sagradas Letras. (Dei Verbum, 11)

 

Visto que Deus fala verdadeiramente, podemos confiar nas coisas incluídas na Bíblia. As Escrituras são a própria revelação de Deus de si mesmo. Ao lê-las, passamos a conhecê-lo melhor.

 

2. A ESCRITURA SAGRADA ESTÁ CHEIA DE ENCORAJAMENTO

Os primeiros cristãos sabiam que deveriam recorrer às Escrituras para nutrir sua esperança. Os Salmos do Antigo Testamento falam do poderoso amor e misericórdia de Deus. O livro de Atos dos Apóstolos, no Novo Testamento, mostra a obra do Espírito Santo na Igreja. As histórias de nossos heróis mostram a obra de Deus na vida dos crentes. Ao refletir sobre a fidelidade de Deus, registrada para nossa memória nas Escrituras, podemos nos encher de esperança para o futuro.

 

3. LER A ESCRITURA FARÁ DE NÓS MELHORES EVANGELIZADORES

Ler a Bíblia pode ajudar a amadurecer nossa fé. Muitos católicos param de estudar sua fé quando saem da catequese. Esta epidemia deixa nossos crentes adultos com uma fé atrofiada. Confrontados com perguntas difíceis de não católicos, muitas vezes oferecemos defesas fracas ou incertas de nossa fé. Nem todo católico tem que se tornar um professor de teologia, mas todo católico pode se beneficiar ao aprender sobre as sérias questões da fé, baseadas no estudo das Escrituras.

 

4. AO LER A BÍBLIA, NÓS FICAREMOS FOCADOS NO QUE IMPORTA

E se passássemos tanto tempo com as Escrituras quanto assistindo à TV ou navegando nas redes sociais? A vida cristã é fundamentalmente uma luta para manter Deus no centro de nossas vidas e manter o foco nas coisas que importam. Ler as Escrituras regularmente nos ajuda a enfrentar a vida com a perspectiva de Deus em primeiro lugar, capaz de descartar os tipos de coisas que competem por nossa atenção, mas no final não importam realmente.

 

5. LER A BÍBLIA NOS ENSINA A REZAR

Muitos católicos expressam o desejo de uma vida de oração mais rica. No entanto, a maioria dos católicos também sente limitações no campo da oração. Bem, a Bíblia nos oferece palavras para rezar. Podemos modelar nossa oração na dos santos e nas histórias contidas nas Escrituras. Como tal, a Bíblia é uma escola de oração, um campo de treinamento que nos ensina como expressar as coisas que guardamos no fundo do nosso coração.

 

6. QUANTO MAIS LEMOS A BÍBLIA, MAIS CLARAMENTE PODEMOS OUVIR A VOZ DE DEUS

Ao ler a Bíblia, acostumamo-nos a ouvir Deus falar. Quanto mais sintonizados com a lógica da salvação contida na Bíblia, mais prontamente ouviremos Deus falando conosco.

Fonte: Pe. Patrick Briscoe / pt.aleteia.org