Como colocar-se efetivamente na presença de Deus durante o Terço





Quando pensamos no Terço, geralmente vem em nossa mente a ideia de que essa é uma oração dirigida à Virgem Maria. É verdade! Mas estamos falando, de fato, de uma oração a Jesus, através de Maria. O objetivo final é sempre ter um relacionamento com Jesus, embora grande parte da ênfase esteja em sua mãe, Maria. Como muitos santos disseram ao longo dos séculos, quanto mais estivermos perto de Maria, mais ela nos levará a seu Filho.

Um exercício de meditação que pode ajudar nessa aproximação é lembrar-se da presença de Jesus enquanto você reza o Terço.

 

O Pe. John Procter ensina como fazer:

“Quando rezamos nosso Terço no espírito de fé, estamos na presença de Jesus Cristo, não tocando a bainha de suas vestes, não nos deliciando com a sombra de seus apóstolos, mas falando com ele, pensando nele, ouvindo-o, aprendendo dele, amando-o e sendo amados por ele em troca (…)Como pensar nele e falar com ele, como fazemos ao rezar nossas contas, sem nos tornarmos melhores e mais sagrados com esse contato espiritual?”

 

A passagem acima não é o que normalmente imaginamos quando rezamos o Terço, mas tem muita verdade por trás. Por exemplo, ao rezarmos o Terço costumamos refletir sobre vários “mistérios” da vida de Jesus Cristo. Esses episódios são tirados diretamente dos Evangelhos e nos envolvem nos altos e baixos do ministério de Jesus na Terra.

É por isso que tantos cristãos usam o Terço para aprofundar seu amor a Jesus Cristo, refletindo sobre os muitos acontecimentos de sua vida.

Então, na próxima vez em que você rezar o Terço, tente se concentrar mais na presença de Jesus, que está bem ali na sala com você, junto com sua Mãe. Ambos o confortarão com a presença deles e lhe concederão paz quando você rezar com fé e amor.

Fonte: Philip Kosloski / pt.aleteia.org