Pai internado em UTI acompanha por vídeo o nascimento do filho





Não foi a covid: Fábio teve 50% do corpo queimado ao restabelecer energia após ciclone em Santa Catarina

 

 

Em tempos de covid-19, não foi o coronavírus que levou o funcionário público Fábio Junior Vargas, de 40 anos, a estar internado num leito de UTI enquanto sua esposa, a publicitária Patrícia Hoffelder, de 36, dava à luz o segundo filho do casal.

Fábio sofreu um grave acidente de trabalho ao ajudar a restabelecer o fornecimento de energia elétrica no Oeste de Santa Catarina, intensamente atingido pela passagem de um ciclone no início do mês. Ele sofreu queimaduras em mais de 50% do corpo e precisou ser internado na UTI em Chapecó.

No dia em que Patrícia entrou em trabalho de parto, a irmã de Fábio, Janaina Vargas de Oliveira, fez a vídeo-chamada que permitiu que o pai acompanhasse o nascimento de Pedro. O menino veio ao mundo no fim da tarde de 9 de julho, pesando 3,49 quilos, medindo 49 centímetros e esbanjando saúde. Fábio e Patrícia já tinham uma filha de 6 anos, Bianca.

Patrícia resumiu em declarações a jornalistas:

“O Fábio é a minha força e escutar a voz dele foi significativo. Senti ele tão presente! Agradeço a todos os profissionais envolvidos que nos possibilitaram estar próximos. Foi um momento muito feliz!”

Fonte: Aleteia Brasil / pt.aleteia.org